contato@miziaracomunica.com.br

Como apresentar sua ideia a investidores

Comunicação 30/01/2018
Como apresentar sua ideia a investidores

Reunião com investidores, e agora?

 

Você tem uma ideia ótima de startup, sabe como e quando colocá-la em prática, mas esbarra na falta de investimento. A partir daí você - idealizador do projeto - agenda diversas reuniões com possíveis “anjos”, que são normalmente empresários e executivos com experiência de mercado dispostos a se tornarem investidores. Tudo caminha bem até que o empreendedor precisa lidar com uma nova situação que não faz parte da grade curricular das escolas ou faculdades: apresentar e vender, com qualidade, a sua ideia! Como transmitir para o outro, com clareza, tudo aquilo que você domina e compreende tão bem?

 

Discursar faz parte do universo destes novos profissionais. É preciso aprimorar a técnica de fazer o uso da palavra em apresentações corporativas, por exemplo. Afinal, além de captação de investidores, precisará em algum momento conduzir equipes, fazer reuniões com clientes, apresentar um projeto para a empresa e, até mesmo, defender sua posição em um debate.

 

Um programa de televisão que demonstra muito bem os erros e acertos que um empreendedor comete ao vender um projeto, e como funciona a dinâmica de uma reunião, é o “Shark Tank – Negociando com Tubarões”, do Canal Sony. Geralmente, o que podemos avaliar é que aqueles mais preparados, com ideias sólidas e capacitados para convencer, saem com um final feliz.

 

Ao falar em público você precisa estar confiante e saber como se comportar. Conhecendo as melhores práticas, as chances ficam maiores neste universo de mais de 4 mil startups cadastradas e com mais de 38 mil empreendedores digitais em todo o Brasil já impactados. E, com o objetivo de facilitar a interação do empreendedor com o investidor (e ajudar na apresentação do seu projeto), trago abaixo 6 dicas que vão auxiliar no momento dessa reunião importante:

 

1. Conheça o investidor 

 

Antes de qualquer reunião é importante conhecer o público que receberá a sua mensagem. Saber das preferências de cada investidor e o quanto seu negócio será vantajoso para ele são diferenciais. Conheça o estilo dele. Utilize todos os dados possíveis para isso (pesquisas, últimas notícias em revistas, jornais e redes sociais). Quanto mais informações você tiver sobre ele, melhor será na hora da argumentação. Essa iniciativa permite que você crie uma conexão com o investidor e fale o que ele realmente deseja ouvir.

 

2. Distribua o contato visual

 

É muito comum, em uma reunião, que se concentre a atenção em alguém com uma expressão mais simpática ou em quem tem o poder de decisão. Essa atitude não é recomendada, pois você acaba excluindo os outros participantes que, apesar de não terem o poder de decisão, influenciarão o decisor a seguir ou não com o projeto. É preciso ter em mente que a apresentação é feita para todos os presentes.

 

3. Utilize gestos adequados ao ambiente

 

Gesticule de acordo com o ambiente. Os gestos enfatizam o que você deseja realmente destacar. A dica é: em pé, os gestos devem ficar acima da linha da cintura e abaixo da linha do queixo. Essa área é onde os gestos costumam ocorrer e passam naturalidade. Já se você estiver sentado (em uma reunião, por exemplo) você deve executar gestos mais curtos e contidos. Quando sentado, gestos amplos podem passar agressividade e acabam invadindo o espaço de quem está próximo a você.

 

4. Movimentação no ambiente

 

Quando estiver em pé, escolha três a quatro pontos no palco, onde possa se movimentar e ter acesso ao olhar de todos. Não fique andando de um lado para o outro sem parar e também não fique parado como uma estátua. Se fizer uma apresentação com auxílio de material visual (uma projeção com o PowerPoint, por exemplo) evite ficar entre a tela e as pessoas.

 

Evite passar várias vezes na frente da tela. Caso seja em uma reunião (e você estiver sentado), busque um ângulo em que possa enxergar todas as pessoas e não fique girando a cadeira.

 

5. Deixe as mãos livres

 

Evite ficar segurando um papel com os itens que você abordará. A tendência é que você fique olhando para o papel e perca a conexão com as pessoas, pois todas as informações estarão naquela folha (é a sua segurança!). Caso precise lembrar de alguns pontos, a dica é fazer um roteiro, contendo somente palavras-chave e com as letras grandes. Faça desta forma e deixe o papel pousado em algum lugar onde você poderá visualizá-lo. Isso ajudará na condução do discurso e fará com que você não fique lendo para o público.

 

6 – Seja simples no conteúdo

 

O apresentador é o personagem principal da apresentação. O material PowerPoint deve auxiliar o orador e de forma alguma substituí-lo. A prioridade na utilização dessa ferramenta é utilizar tópicos ou imagens para reforçar o seu conteúdo e evitar textos enormes. Quanto mais conteúdo na tela, mais engessada fica apresentação e o apresentador perde a naturalidade.

 


Siga esses passos, conheça seus pontos fortes e garanta o investimento!

Entre para lista vip!

Inscreva-se e receba o melhor conteúdo por e-mail!

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente as melhores dicas para melhorar sua comunicação!

Miziara | Habilidades em comunicação - © 2017 - Todos os direitos reservado

Empresa de Sites - Sunset